top of page

PAVE: quem pode fazer a prova que garante uma vaga na UFPel

O PAVE (Programa de Avaliação da Vida Escolar) é o processo seletivo seriado da UFPel. Nele, o candidato passar por três etapas anuais que, no final, podem colocá-lo dentro da Federal de Pelotas.

Assim, o aluno precisa, ao final de cada ano do ensino médio, prestar uma prova que cobre os conteúdos vistos até ali. Mas quem pode participar das etapas? Confira abaixo.

Para realizar a etapa 1, os estudantes devem estar matriculados no 1o ano do Ensino Médio, seja de escola pública ou particular. Mas atenção: quem faz ensino médio que dura quatro anos, como no caso do IFSul, a primeira etapa do PAVE deve ser feita ao final do segundo ano.

Para a etapa 2, a regra é a mesma. Basta estar no 2º ano do ensino médio regular ou no 3º do médio que dura quatro anos. O mesmo acontece na etapa 3: é obrigatório estar no 3º ano do ensino médio regular ou no 4º daquele que dura 4 anos.

O que fazer quando o calendário da escola atrasa?


Greves, paralisações e outros eventos podem atrapalhar o calendário letivo de uma escola. Quando isso acontecer, o estudante fará a etapa do PAVE em conformidade com os estudos na escola.

Para isso, é preciso, antes de realizar a inscrição, que o candidato faça o pedido de migração, para trocar de subprograma.

Perdeu uma etapa? O que fazer?

Caso o candidato deixe de fazer uma das etapas, é possível seguir na corrida pela vaga na UFPel. É preciso que o aluno realize no mínimo duas provas, sendo a 3ª obrigatória. Ou seja: quem perder a 1ª etapa pode fazer a 2ª e 3ª. Quem fizer a 1ª, mas perder a 2ª, também pode voltar para realizar a 3ª e última. O que não pode é perder a última etapa.

Nestes casos, é necessário, antes da inscrição, realizar o pedido de participação.


35 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page